Des-ter

terça-feira, 15 de junho de 2010


Aceito: Devir. De ver, partir.
Dever. Por ti. (Su)portar... a dor.
Ardor, de(s)ter: não-ser?
S(end)o, somos?... (As)sumo...:
Da soma, o (de)feito?... a sub(a)tração!









High(va) agree(doce), (de) mean
Fool(riosa) deep(erder) man(tiras)
Sad(ica)...mad(itando) star(recida)
See(u) so(ubesse como) far(ia) my(s)...
E então sunrise, and so... risos.

16 comentários:

nouvelles couleurs - vienna atelier disse...

stupendo post, tu sei una persona speciale e profonda,
meravilhoso post, vc é uma pessoa especial e profonda nei sentimenti

um beijo

Roberto Cunha disse...

Maravilhoso, Ângela.

Lina. disse...

Gosto do modo como você torna, retorna e contorna tudo o que lhe é particular - expondo um tanto, despe o quanto a cabeça de quem a lê consegue imaginar.

(não me agradam essas rimas ao acaso, mas... Deixa estar!)

Abraço!

Ângela Calou disse...

Grazie, Laura. Che dolcissima che sei. Sono felice con la vostra visita. Bacio per te.

Elandia Duarte disse...

Andava com saudades...

Ângela Calou disse...

Obrigada, Roberto. =]

Lina. disse...

A propósito, o "rimas ao acaso" foi por conta do particular-imaginar de meu comentário, viu?

Eu, que dispenso ambiguidades, acho que não me fiz entender.

Ângela Calou disse...

Lina,

Talvez o destino seja mesmo o acaso. Ontem li Luzia outra vez, estamos, pois, sintonizados. Abraços, caríssimo.

Ângela Calou disse...

Dona Moça,

Acha que pode sumir assim sem mais?
Saudades também, e habilite logo seu blog, que tenho pressa em ler vc. Beijos.

(p.s.: Procura-se Ezequiel - vivo. rsrs)

Rafael sem h disse...

Tá muito lindo!! Muito bem trabalhado. Pensado. Sentido! Adorei mesmo.

minina...o que eu posso dizer, Raul já disse:
Adoro teus textos!! Sem noção!!
http://www.youtube.com/watch?v=Y5sMqOKucXE

bjoo

Ângela Calou disse...

Posso ser então sua escritora anônima favorita?
rsrsrs

Linda música de Raul.

Toda a recíproca do mundo, Rafa. Beijos.

Rafael sem h disse...

husahushaushauhsuahsuahsuhs
nem precisa pedir...

pois eh... a musica de Raul tipo, acho que passa o que esse teu último texto causou em todo mundo aqui! Sorveram angela...e angela os sorveu!

Ângela Calou disse...

=]

D'Angelo Rosenheim disse...

Passei bons minutos devaneando por aqui, gostei bastante da maioria das coisas que lí.

Ângela Calou disse...

Obrigada pela visita, D'Angelo. Abraços.

O POETA DE MEIA-TIGELA disse...

Calou diz de uma maneira
Entre o falar e o calar.
Ler Calou é resvalar,
Pendurar-se, estar-à-beira.