Sexta Impressão: O Julgamento

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Helmer: “Nunca foi feliz?”. Nora: “Não, só alegre”.


(Casa de Bonecas - Henrik Ibsen)

3 comentários:

Denise Scaramai disse...

sim, é muito difícil alcançar a felicidade;
já a alegria, se faz presente várias vezes
e um só dia!
abração caríssima

Rafael sem h disse...

Não Helmer, não há de se julgar.
(...)
Sim Nora. Há de se viver.

Ângela Calou disse...

RAFA

E incrivelmente, Rafa, hoje, quando nem se há mais com tanto peso tais representações de gênero, diluídas pela perspicácia de gente como Mary Wollstonecraft e paga com a morte de gente fictícia como Emma Bovary, o mundo parece ainda uma imensa casa de bonecas onde as Noras pensam como Helmers, e os Helmers também. - adorei teu comentário em duas linhas, por tanto e tão bem dizer.


DENISE

Sim, De. É preciso verificar nos dias uma presença alegre, seja ela uma leitura, um abraço, uma lembrança, ou uma visita querida como a sua. Beijo.